O Programa de Recuperação de Áreas de Preservação Permanente (APPs) (p.26) é um dos 42 programas executados pela Fundação Renova, que atende ao Termo de Transação e Ajustamento de Conduta (TTAC), para a reparação e compensação dos municípios atingidos pelo rompimento da barragem do Fundão, ocorrido em 5 de novembro de 2015, em Mariana-MG.

Em parceira com a Fundação Renova, o CIAAT está atuando no programa nos municípios de Galileia, Governador Valadares e Periquito, Minas Gerais. O programa prevê a recuperação de 40.000 hectares de Áreas de Preservação Permanente degradadas na Bacia do Rio Doce. Desta área, 10.000 hectares deverão ser executados por meio de reflorestamento e 30.000 hectares deverão ser executados por meio de regeneração.

O CIAAT é responsável pela recuperação de 461 hectares nos três municípios de atuação. O trabalho vai desde o preparo do solo, plantio e monitoramento da área recuperada. Atualmente, mais de 100 colaboradores estão trabalhando diretamente no programa.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn
INSTAGRAM